VEJA TAMBÉM:

Será que Deus Estabeleceu Papéis ou Funções Distintas para os Homens e as Mulheres antes da Queda?

Os comentaristas (que acreditam que os homens e as mulheres foram criados iguais em essência diante de Deus mas têm papéis ou funções distintas) e os igualitaristas (que acreditam que os homens e as mulheres são iguais em essência e podem ter os mesmos papéis ou funções) diferem muitíssimo em suas interpretações quanto ao significado dos gêneros e suas atribuições no relato da criação (Gn 1–2). 


Deus –, e ainda assim cada um deles tem uma função distinta – Deus Pai, Deus Filho, Deus Espírito Santo, também os homens e as mulheres, embora iguais no que diz respeito à imagem de Deus, possuem papéis distintos designados por Ele. Essas distinções são reveladas de muitas maneiras, e algumas delas até mesmo antes da queda. O momento em que ocorreram, se antes da queda ou como resultantes da queda, tornou-se um divisor de águas no debate sobre o gênero.

 

🎯 • Adão foi criado primeiro, depois Eva (Gn 2.7; 1Tm 2.13; 1Co 11).

🎯 • Eva foi criada como a adjutora de Adão (Gn 2.18,20).

 

Adjutora que esteja como diante dele (heb. ʿēzer kenegdo, lit. “ajudante que corresponde ao que está em frente a ele”) transmite o sentido de uma adjutora “apropriada” ao homem ou “comparável” a ele. Esse termo ʿēzer jamais é usado para descrever o homem em seu relacionamento com a mulher. No entanto, a mesma palavra é usada para descrever o relacionamento de Deus com a humanidade (Êx 18.4; Dt 33.7; Sl 54.4).

A palavra não diz respeito a superioridade nem a inferioridade; tampouco, trata de valor. Ao contrário, ela descreve uma função. De modo algum você perde o valor ao se tornar uma adjutora ou auxiliadora de alguém. Na realidade, a função sugere o desenvolvimento de um relacionamento afetivo e produtivo.

O PERFIL DE EVA

1. Histórico:

• A primeira mulher criada por Deus à sua imagem (2.22).

• A esposa de Adão (2.23).

• A mãe de Caim e Abel (4.1-2).

2. História:

• Ela vivia com o marido no jardim do Éden (2.8).

• Ela foi enganada pela mentira de Satanás e desobedeceu a Deus (3.4-6; 1Tm 2.14).

• Ela, com o marido, foi expulsa do jardim (3.23-24).

• Ela expressou esperança quanto ao futuro com o nascimento de seu filho Caim (4.1).

 

Lições de Vida:

• Eva pecou contra Deus e teve de sofrer consequências dolorosas (3.16).

• Ela assumiu imediatamente a responsabilidade por seu pecado (3.13).

• Ela experimentou a graça de Deus (3.21).

 

🎯 • Adão deu nome a Eva (2.23; 3.20).

🎯 • O nome de Adão era usado de forma genérica para se referir à raça humana (1.26).

🎯 • A autoridade de Adão foi dada a ele por Deus e antes da criação de Eva (2.15).

🎯 • Deus falou com Adão depois da queda (3.9).

🎯Adão, e não Eva, representa a raça humana (1Co 15; Rm 5).

🎯 • A maldição trouxe distorção dos papéis designados anteriormente, e não a introdução de novos papéis (Gn 3.15-19).

🎯 • A ordem da criação foi acolhida e confirmada na redenção de Cristo (1Pe 3; Ef 5).

 


O fato de que homens e mulheres têm papéis diferentes não quer dizer que os homens sejam superiores; e as mulheres, inferiores. O termo “adjutora”, usado para definir a função da mulher, é também usado para descrever o que Deus faz por seu povo.

 

Tanto os homens quanto as mulheres foram criados à imagem de Deus (Gn 1.26-27) e compartilham a responsabilidade de serem representantes de Deus na terra. A influência do feminismo sobre o pensamento cristão tem sido trágica, pois leva a mulher a pensar que, a fim de ser “igual” ao homem, ela precisa ter as mesmas atribuições que eles. O que as mulheres não compreendem é que suas especificidades se originam no seio da própria Trindade: assim como as esposas estão sob a autoridade dos maridos, também Jesus estava sob a autoridade do Pai (Jo 5.19; 6.38). 

Deus estabeleceu funções distintas para os homens e as mulheres; os gêneros únicos que foram criados e seus respectivos papéis refletem importantes verdades sobre Deus. Jesus não considerava que ser igual a Deus era algo que devesse ser almejado (Fp 2.6); tampouco as mulheres deveriam desejar buscar o que elas supõem ser “igualdade” à custa da recusa dos papéis ordenados por Deus.

 

Referência: Bíblia de estudo da mulher cristã – CPAD

Compartilhar:

VEJA PUBLICAÇÕES EM DESTAQUES ⤵️ :