Celebração do Dia de Jerusalém - Yom Yerushalayim

O Dia de Jerusalém (em hebraico: ירושלים יום Yom Yerushalayim) é um feriado nacional israelense no qual se comemora a reunificação de Jerusalém e o estabelecimento do controle israelense sobre a chamada Cidade Velha de Jerusalém (parte oriental), em 2 de junho de 1967 (calendário ocidental/gregoriano).


É celebrado em Israel, pelo calendário judaico, no dia 28 de Yiar (que cairá em 22/05/2020), e marca as comemorações pela tomada e reunificação de Jerusalém, após a famosa Guerra dos Seis Dias.


Jerusalém foi uma cidade dividida desde a Guerra da Independência, de 1948, até 1967. A parte ocidental estava nas mãos dos israelenses e a parte oriental estava sob controle do reino da Jordânia.

Jerusalém na Bíblia

A cidade de Jerusalém aparece pela primeira vez na Bíblia associada com um grande personagem chamado Melquisedeque, cujo nome em hebraico significa “rei de justiça”, a quem o pai da fé, Abrão, pagou dízimos e por quem este foi abençoado (Gn.14:18-20).

Na época, Jerusalém chamava-se Salém (hb. Shalem) que quer dizer paz, enquanto Jerusalém (hb. Yerushalayim) significa “cidade da paz”.


21/05/2020 - Ler Artigo Completo

Compartilhar:

VEJA PUBLICAÇÕES EM DESTAQUES ⤵️ :